Preconceitos contra o café

Como prometido vou falar nesse post um pouco sobre essa iguaria tipicamente brasileira: o café. Mas não vou escrever sobre sua história e sim sobre outro tema que envolve o café, o preconceito. Quem não tem o costume de beber a famosa bebida procura não se apegar, alegando que o mesmo provoca danos a saúde.

Não vou dizer que o café cura doenças ou não faça nenhum dano. É sabido de todos que qualquer substância utilizada em excesso provoca dependências ou problemas futuros. Mas também não podemos crucificar dessa maneira o café. A bebida, em doses moderadas, pode trazer benefícios incontáveis para quem toma.

O uso moderado do café pode trazer maior disposição, sendo muito recomendado para profissionais, estudantes e até para atletas. Há estudos que comprovam que doses diárias de café podem prevenir a doença de Alzheimer.

O café torna quem o usa dependente. Mas não seria nossa única dependência não é? Assim que nascemos somos apresentados a maior de todas as dependências. O oxigênio é indispensável para a nossa existência (assim como a lua - ver posts passados). Pouco tempo depois somos pegos por mais uma, o leite materno. E assim continua o clico da dependência.

2 comentários:

  1. O café é como o chocolate, muita gente critica e mais gente ainda consome! Parabéns pelo blog!
    Renata

    ResponderExcluir
  2. colega, quais é a composição quimica do café? quais os componentes nocivos que existem nele?

    ResponderExcluir